• Radar de Imprensa
  • Compartilhar
    • Compartilhar no LinkedIn

Análise de Imprensa – Agosto 2019

Reflexos dos cortes que a educação vem sofrendo desde o começo do ano, além de mudanças na diretoria do ENEM, foram os destaques do mês de agosto.

 

Cortes na Educação

Julho terminou com muitos cortes no orçamento, sendo o maior deles na pasta de educação, com quase 25% do seu orçamento, segundo a Fórum. A decisão teve grande impacto na área acadêmica.

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) suspendeu 4.500 bolsas para estudantes de graduação e pós-graduação, de acordo com O Globo.

A Exame, abordou a falta de verba para gastos básicos nas universidades federais e que o recurso previsto para ser liberado até o fim do ano não é suficiente nem para pagar integralmente as contas e contratos que vencem em setembro.

 

Novo indicado para a diretoria responsável pelo ENEM

Segundo o UOL, o presidente Jair Bolsonaro, nomeou o general Carlos Roberto Pinto de Souza para ocupar a Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb), que é responsável pela elaboração do Enem. Desde o começo do ano, quatro nomes foram anunciados para ocupar o cargo que estava vago desde o mês de maio, conforme o G1 detalhou.

 

Infraestrutura das escolas interfere diretamente nos resultados do Ideb, diz estudo.

Estudo da Unesco com a UFMG analisou dados de escolas das redes federal, estadual, municipal e privada e concluiu que a infraestrutura é fator determinante para a o sucesso no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), segundo a matéria do O Globo.

Em entrevista para a Folha, a professora da UFMG e coordenadora da pesquisa explicou: “Não é um modelo controlado, mas o que ele mostra é que é uma condição básica: sem você ter infraestrutura, dificilmente vai ter bons resultados.”.

 

Manifestações a favor da educação

O governo enfrentou a sua terceira manifestação nacional contra os cortes no setor da educação, a matéria do G1 detalhou as pautas. O UOL destacou as críticas ao programa Future-se, que foi proposto no último mês pelo ministro da educação.

 

WorldSkills 2019

O Brasil conquistou a 3º posição no ranking mundial que avalia educação profissional. A WorldSkills ocorre a cada dois anos e jovens de até 22 anos podem participar. A matéria do Globo trouxe os detalhes dessa Olimpíada e falou mais sobre os ganhadores da competição, os Russos.

 

Além dos destaques acima, outro tema relevante foi pauta da imprensa nacional, confira:

 

Indicadores de Educação apontam piora

Um levantamento feito pela Folha sobre os indicadores utilizados pelo governo, apontou que 44 indicadores pioraram e 28 melhoram no 1º semestre de governo do presidente Jair Bolsonaro, entre eles, a educação foi um dos que piorou. Segundo a Veja, o presidente se recusou a comentar sobre a reportagem.

 

Novo Ensino Médio

De acordo com O Globo, os estados do Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Ceará e Minas Gerais já começaram a se adaptar às mudanças do novo formato do Ensino Médio e vão testá-las em “escolas-piloto”.

 

Prêmio Professores do Brasil

O Ministério da Educação cancelou a edição 2019 do Prêmio Professores do Brasil, que reconheceria professores de escolas de educação básica. Segundo o G1, a decisão surpreendeu até os parceiros do projeto. No entanto, a Folha apurou que as atividades do projeto já haviam sido abandonadas em julho.